Dicas para parar de esquecer o que estuda


03.04.2019

Dicas para parar de esquecer o que estuda

Ao estudarmos inglês, uma das questões comuns é como gravar aquilo que aprendemos, especialmente o vocabulário e as regras que são diferentes nesse idioma. Confira algumas dicas para memorizar melhor o conteúdo:

1. Técnica de Repetição Espaçada

Toda vez que aprendemos uma informação nova, ela é armazenada em nossa memória de curto prazo (que, como o nome sugere, dura pouco tempo). Para aprendermos um conteúdo de verdade, precisamos fazê-lo passar para a nossa memória de longo prazo. Uma das formas de fazer isso é utilizar a Técnica de Repetição Espaçada, em que relembramos o conteúdo dentro de espaços de tempo estratégicos para a memória. Na prática, você precisa realizar revisões dos conteúdos que aprendeu no seguinte intervalo: 1, 7, 14 e 30 dias após aprender o conteúdo.
Atenção: durante as revisões, para garantir melhor rendimento, faça pausas de 5 a 15 minutos para cada hora de estudo.

2. Tome notas

Somente grifar o texto e prestar atenção na aula não significa que você será capaz de lembrar todo o conteúdo. Para melhorar mesmo a fixação, o ideal é tomar notas, o que força o cérebro a processar as informações. As anotações devem ser feitas, preferencialmente, à mão, pois escrever à mão aciona áreas do cérebro diferentes das acionadas pela digitação, além de permitir que você pense durante mais tempo a respeito daquilo que está anotando. Para os que gostam de rabiscar enquanto tomam notas, uma boa notícia: rabiscar também ajuda na concentração e na retenção de informações!
Observação: associar a sua lembrança a vários estímulos (visual e auditivo, por exemplo) fortalece as conexões neurais e aumenta as chances de se lembrar de algo. Por isso, assista a vídeos sobre o conteúdo, faça desenhos ou esquemas, leia em voz alta, escute um podcast, enfim, crie associações que aumentem a chance de retenção do conteúdo.

3. Teste seus conhecimentos

Após os estudos, teste o seu conhecimento, seja com a ajuda de um professor, por meio de exercícios propostos em seu livro didático, ou com um amigo que estude com você. Se possível, explique o material para outra pessoa. Tudo isso estimula o seu entendimento sobre o material e força o cérebro a relembrar as informações aprendidas.

4. Cuide de você

Além de repor as energias e melhorar a concentração, adotar hábitos saudáveis como dormir bem, comer a cada 3 horas e fazer pelo menos 10 minutos de atividade física por dia facilita o aprendizado e a fixação de memórias. O sono é essencial, uma vez que durante esse período o cérebro processa novas informações. Já os exercícios físicos melhoram a circulação sanguínea, o que garante mais disposição, concentração e menos sono e fadiga durante os estudos.

Gostou das dicas? Para mais conteúdos relacionados ao aprendizado de inglês, acompanhe o blog do Lace Language Center, escola de inglês em Curitiba!





VER MAIS